quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

A dica de Francisco de Assis para os casais (casados):

O elefante, [que] não somente é o maior mas o mais inteligente dos animais, nos provê um excelente exemplo. É fiel e amoroso para com a fêmea de sua escolha, tendo relações sexuais com ela somente a cada três anos e nunca por mais de cinco dias, e de forma tão secreta que nunca é visto, a não ser no sexto dia, quando ele aparece e vai banhar-se por completo no rio, só retornando ao rebanho após estar purificado. Tais hábitos bons e modestos são um exemplo para marido e mulher.
(Introdução a uma vida devota, 1609, parte 3, capítulo 39)
[extraído de A Bíblia e Sua Família, de Augustus Nicodemus Lopes e Minka Schalkwijk Lopes, p.163]


Alguém aí vai encarar o desafio??



5 comentários:

Ruben Mukamatrix disse...

Agora me explica o que ele fazia observando o sexo dos elefantes? Olha se o cara é gordo e a mulher dele eh uma balofa, talvez justifique essa rotatividade tão baixa no circuito do amor.

Ruben Mukamatrix disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucy disse...

Sinceramente não encararia pq eu e meu namorado estamos nos preservando durante anos esperando o grande dia do casamento pra finalmente "regularizar", digamos assim, nossas relações ..aí depois de tanto tempo ainda temos que viver como elefantes? ( kkk soa engraçado) prefiro as araras ( se não me engano elas vivem juntas a vida toda e quando uma morre a outra morre tbm de tristeza..)

Pablo Ramada disse...

Elefantes a parte, eu gosto dos pinguins, hehehehe.

abraços

lindoberg disse...

Cara, sinceramente... nessas horas dá vontade de dizer bem alto "Caio Fábio neles!" :-)

Quem lê entenda.