domingo, 29 de março de 2009

Apoiando e incentivando o crime

Que os comunistas adotam medidas criminosas para alcançar suas metas, não é novidade - nem para os fanáticos esquerdistas que definem o bom como aquilo que é conforme a sua visão política.

O blog do Eri Santos Castro - auto-proclamado "O insurgente - traz um incentivo (e talvez uma apologia, na medida em que reconhece isso como belo) à prática criminosa.

Ele comenta a invasão da casa do Ex-Vice-Presidente da Bolívia, Victor Hugo Cárdenas, e cita artigo do panfleto esquerdista Carta Capital.

Ao comentar a invasão, logo no início do post, ele escreve:

Se na Bolívia o povo se rebela, por que não no Maranhão?

Em outras palavras, Eri Santos Castro não apenas apóia o que foi realizado na Bolívia, mas incentiva para que práticas do tipo sejam realizadas aqui no Maranhão.

O Código Penal apresenta a criminalidade desta conduta:

TÍTULO IX
DOS CRIMES CONTRA A PAZ PÚBLICA

Incitação ao crime

Art. 286 - Incitar, publicamente, a prática de crime:

Pena - detenção, de três a seis meses, ou multa.

Apologia de crime ou criminoso

Art. 287 - Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime:

Pena - detenção, de três a seis meses, ou multa.

Assim, eu pergunto: o que o Eri Santos merece?

Alguma autoridade está atenta?

Um comentário:

daianebatista disse...

Oioi Allen,
Gostei muito deste post e dei tambem uma olhada no blog deste Eri (qnto photoshop na foto ein?? rsrsrs), mas tem um ponto em que ficou uma dúvida, e tal pergunta não tem nada haver com o post do outro, mas com o seu.
É logico que a gnte não deve pagar o mal com mal e talz, que selvageria não leva um país a lugar nenhum, mas o que dizer das manifestações públicas que ocorreram por parte dos estudantes na ditadura militar, foram oposiçoes duras, não uma passeatinha, mas verdadeiras guerras civis entre o povo e o governo. A pergunta é: Será que não vale a pena se manifestar contra as escancaradas politicagens dos corruptos deste país, contra o coronelismo que ainda reina em diversas regiões do país, se eles usam armas de fogo e os nossos votos são comprados, já que a massa é manipulada e o povo perde eleições por falta de pessoas com conhecimento, qual é a resposta? Ficarmos de braços cruzados?