domingo, 2 de agosto de 2009

O Desafio de uma espiritualidade consciente - Acampamento de Jovens - parte 5 (4)

PRINCÍPIOS DO TEXTO

Assim, por mais espiritual que Luiza se sinta ao rejeitar o estudo doutrinário e a participação da mente na religião cristã, ela não possui o apoio de Deus para tal compreensão e prática.

Sintetizando os ensinos do apóstolo nos versículos 17 a 24, podemos afirmar que:

1. O homem não regenerado possui uma visão incompleta da realidade;
2. A sua cosmovisão determina a sua maneira de encarar a realidade;
3. A sua maneira de pensar determina a sua maneira de agir;
4. Cristo e seus ensinamentos são absolutos (Paulo descreve a verdade que está em Jesus);
5. Santidade é um processo de abandono de velhos hábitos e a adoção de novas perspectivas e práticas;
6. Nossa justiça (e santidade) está em Jesus;
7. O propósito de nossa (re)criação é a glorificação de Deus em um caráter semelhante ao de Deus (justo e santo).

Um comentário:

periclesfa disse...

Atualmente, muitos jovens tentam "adequar" as leis de Deus à seus modos de vida libertinos. É dificil pra alguns jovens (ainda mais se não forem bem liderados) a ver que a vontade de Deus, a curto e longo prazo, é a melhor saída. Oremos pra que Deus ilumino os olhos dessa mocidade.