domingo, 21 de março de 2010

Tenho observado no seu blog que você está dando uma de Júlio Severo, e se tornando um militante anti-comunismo. Não acha perigoso valorizar gente sem um pingo de credibilidade, como o Reinaldão, e entrar na onda "o marxismo é a raiz de todos os male

Respondendo por partes:
1. Não estou dando uma de Júlio Severo. Embora não concorde com tudo o que ele diz, e nem às vezes com a forma que ele usa, sei que eu não tenho metade da coragem dele, e por isso o respeito. A abordagem do Júlio, além do mais, é bem mais focada do que a minha - você distingue claramente o que ele pretende atacar/defender, enquanto o BJC é, por natureza, um blog sobre cosmovisão cristã que não define um item em especial.

Assim, se você usou o Júlio como desqualificador, saiba que parecer com ele pode ser, em muitos aspectos, uma honra pra mim.

2. Sim, eu sou um militante anti-comunismo. Veja o comunismo na história - o seu governo é desastroso, os resultados para a sociedade são terríveis, e a base de todo este sistema é anti-cristã. Assim, considerando que ele está em direta oposição ao cristianismo, penso que todo cristão deveria ser anti-comunista.

3. Você parte do pressuposto de que o "Reinaldão" (Reinaldo Azevedo) não tem um pingo de credibilidade. De onde tirou isso? Do manual dos comunistas? É lógico que, para eles e para os demais esquerdistas, o Reinaldo não tem credibilidade - não por falhas pessoais, mas pela cegueira ideológica. A menos que alguém demonstre em primeiro lugar, que o Reinaldo não tem credibilidade, não posso concordar com essa afirmação.

Por outro lado, o Reinaldo demonstra, em cada post, seu alto nível cultural, seu apreço por valores morais baseados no cristianismo - ele é católico, e uma perspectiva política que respeite as liberdades individuais, sem falar que ele é uma voz isolada na imprensa. Não, meu caro, o Reinaldo não é esse cara sem credibilidade que você diz.

4. Se eu acho perigoso? Só na medida em que me torno alvo de marxistas descontrolados. Fora isso, o que eu publico não é apenas historicamente correto, como moralmente recomendável - quem possui algum tipo de esclarecimento que pode ajudar outros deveria se preocupar em espalhar essas notícias.

5. O marxismo é a raiz de todos os males? Não. Essa generalização quem está fazendo é você. Mas antes de menosprezar os males do marxismo, estude um pouco de história da igreja - veja a vida dos missionários que atuaram sob os países comunistas. Em seguida, veja a vida dos demais cidadãos. Analise tudo isso com honestidade, e depois me diga se o marxismo não produziu terríveis males políticos.

abraço, e obrigado pela pergunta

Pergunte qualquer coisa

4 comentários:

Jorge Fernandes Isah disse...

Allen,

não é preciso ir muito longe e vasculhar a história para se conhecer os males do marxismo. Basta se informar um pouquinho sobre o que acontece nos países comunistas mundo afora [China, Coréia do Norte, Cuba, etc] para se ver o estado em que a igreja se encontra: proibição de cultos, perseguição, prisão, tortura e morte de cristãos, apenas e tão somente por proclamarem e servirem a Cristo [interessante que o mesmo espírito por trás do marxismo é o mesmo que movimenta os islâmicos a perseguirem e matarem cristãos].

Ao meu ver, o marxismo não é a fonte de todos os males, mas a consequência do mal, diabólico e maligno como ele é.

Parabéns por sua resposta, e coragem. E isso é marca de um verdadeiro cristão: defender a fé bíblica, a qual se encontra acima de qualquer ideologia; o que muitos que se dizem "cristãos" não podem reconhecer em si mesmos.

Forte abraço!

Cristo o abençoe!

Roberto Vargas Jr. disse...

Allen,
Como diz o Neto lá no blog do nosso confrade Clóvis: "onde assino?".
Grande abraço, no Senhor,
Roberto

Nilson disse...

Parabéns pela resposta. Equilibrada e clara.

PROF. LUIS CAVALCANTE disse...

Fui militante de esquerda, socialista e petista. O meu direcionamento nos últimos 5 anos para uma teologia bíblica e relevante e de caráter reformado, calvinista e presbiteriana me libertaram de qualquer resquício da epistemologia naturalista-esquerdista. SOU UM ANTI-COMUNISTA!