terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Enfim, bacharel

Sou uma figura machadiana e não nego. Machado de Assis ilustrou perfeitamente o Brás Cubas formado em Direito sem muita compreensão do assunto, bem como outras personagens no mesmo sentido.

De qualquer modo, finalmente concluí a etapa da graduação e participei de minha colação de grau na noite de ontem.

Eu devia estar graduado há 6 meses, mas alguns entraves no caminho só me permitiram receber o canudo agora. Tudo bem: minha paciência foi testada, bem como minha perseverança e humildade.

Agora é só alegria: diploma na mão, e... continuar estudando, porque o que eu desejo torna necessário pelo menos um mestrado na área.

Continuem orando por mim. Desenvolver o Direito a partir de uma perspectiva cristã (bem como o sonho de uma filosofia jurídica reformacional) é um desafio interessante.

Concurso? Não, obrigado.

* * *

Preciso, ainda, agradecer aos meus pais, cuja contribuição em todos os sentidos foi condição sine qua non (porque os operadores do Direito adoram latim...) para minha formação. Honra a quem merece ser honrado!

5 comentários:

Ivonete Silva disse...

Aeeeeee! Parabéns!
É por isso que eu te amo, porque você não quer fazer concurso. Hihihihi!

lucyffaraujo disse...

Mais uma vez parabéns \o/ E quando eu tiver perto de fazer as provas orais da vida vou querer pegar dicas de oratória com vc rsrsrsrs

PS. Vai ser mestre em que âmbito? Filosofia jurídica?

Ricardo Mamedes disse...

Hehehe. Parabéns nobre colega. Agora começa a etapa seguinte. Gostei de não querer fazer concurso. Eu também nunca quis. Vá adiante, estude mais, tente, caminhe, corra atrás dos seus sonhos sem se dobrar a qualquer pragmatismo.

Parabéns pela graduação. Felicidades no futuro.

Ricardo.

Tomai e Comei: Aqui nasce um novo reino. disse...

"Qualquer um de vós, se não renunciar a tudo o que possui, não pode ser meu discípulo" (Lc 14,37). Os 11 discípulos respeitaram isto. Os primeiros cristãos também. Apenas Judas preferiu o dinheiro e a propriedade particular. Você se considera Judas, o traidor, ou discípulo? Se você se considera Judas temos algo em comum e muito a conversar.

Chicó-ICE Cohatrac disse...

Falou irmão, parabéns pelo canudo... como advogado vc será um ótimo músico...eheheh brincadeira.