segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Coerência

Um amigo me envia o seguinte vídeo:



Ele pergunta: qual o limite da contradição política?

Eu diria: para alguns políticos não há limite...

Ps: eu também já andei de carro e de ônibus no Maranhão, e nem por isso me acho o "grande conhecedor" da terra.

4 comentários:

Guilherme Braga disse...

EXCELÊNTE ANÁLISE BROTHER.

Nilson disse...

Interessante análise.
Sei que talvez não seja a hora nem o lugar, mas desconfio que esse ano, uma hora ou outra, a discussão política vai aflorar e uma das questões que serão discutidas a meu ver é essa: Como entender o panorama político, apartir de uma leitura cristã reformada, considerando o crescimento do socialismo na América Latina e da infiltração sorrateira de seus princípios e (anti)valores no cotidiano dos cidadãos e das instituições (incluindo a Igreja)? Como entender o crescimento da ideia de que cristianismo e marxismo se misturam?
Foi mal, sei que mudei de assunto, é que assistindo ao vídeo, lembrei dessas coisas, embora saiba que esses erros foram cometidos por políticos de direita e de esquerda.
Um abraço!!

Allen Porto disse...

Guilherme,

Tô esperando teu blog. Que tal começar postando alguns detalhes da tua monografia? No campo da história e da literatura ela é muito relevante. Talvez até da filosofia e psicologia...

Nilson,
Você está no timing perfeito ao fazer essas perguntas! Mais do que nunca é a hora de nos perguntarmos isso, já que as eleições estão bem aí, e independentemente delas, há um grande grupo de cristãos seduzidos pelo ideário marxista-esquerdista-socialista-comunista-etc., pensando que essa é a expressão da solidariedade cristã.

Que tal você escrever algo sobre isso? A gente vai pensando juntos...

abraço

Nilson disse...

Assim que tiver algo interessante eu escrevo. É que as aulas começaram e estou um pouco atarefado. Obrigado pelo convite e continue escrevendo!
Grande abraço!